Um clube, quatro espaços, todas as formas de estar e de… desfrutar!

C1

Originalmente, o XClube foi idealizado, projectado e implementado um pouco à imagem de um clube do Sul de França: o Glamour, de Cap d’Agde. Efectivamente, em 2006, quando o XClube nasceu, a grande referência, no estilo e na forma de funcionamento, era o (ainda hoje célebre) clube francês, opção que ajuda a perceber o porquê de o XClube se dividir em diversos espaços, cada qual com as suas características e funcionalidades muito específicas.

Por norma, após a passagem pela portaria (onde é confirmada a identidade de todos os frequentadores) e por um bengaleiro deveras eficiente e 100% seguro, o acesso ao XClube faz-se através de uma zona lounge, de vocação mais intimista. Repleta de sofás e mesas de apoio, esta área é composta também por uma pequena pista de dança; por um varão para demonstrações; por uma cabine de DJ própria, totalmente equipada (o que permite que este espaço possa dispor sempre do seu próprio ambiente musical); e – bem no centro da sala – por um magnífico bar repleto de bebidas apenas das melhores marcas, onde agora também é possível saborear diversas iguarias em qualquer altura da noite, com destaque para as tostas, os hambúrgueres e os cachorros.

Anexo à zona lounge está situada a área de privados, num total de sete espaços distintos, cada qual com as suas características e decorados de forma minimalista, mas todos extremamente funcionais. Cinco destes privados contam com portas duplas e fechadura, dispondo os restantes dois de acesso livre – um deles é designado por “quarto escuro” (e o nome diz tudo!…); o outro é conhecido como “quarto grande”, sendo um espaço mais comunitário. De permeio, existe ainda um corredor duplo com uma parede central repleta dos célebres “glory holes”, assim como um símbolo do XClube em tamanho natural e revestido a couro – onde, por vezes, se fica, literalmente, preso ao X…

Em complemento a esta estrutura, existem ainda no local todos os equipamentos essenciais para o garantir de uma absoluta higiene e segurança, como sejam toalhas, chinelos, lençóis, toalhetes e germicida. No que diz respeito aos sanitários que servem esta área do XClube, o destaque vai para a zona de duche, obviamente de acesso livre a todos os frequentadores do clube.

C2

C3

Além desta área mais intimista e reservada, o XClube conta, igualmente, com uma parte mais social, que todas as semanas é palco privilegiado de inúmeros momentos de perfeita loucura. Inaugurada pouco tempo depois da abertura oficial do clube, a “sala principal” do XClube tem vindo a sofrer, desde 9 de Fevereiro de 2013, melhoramentos substanciais e quase ininterruptos, sendo notórios os avultados investimentos realizados nos sistemas de som e de luz – ao ponto de ser hoje possível afirmar que o XClube está ao nível das melhores casas nocturnas do país neste particular.

Mas as melhorias não se ficaram por aqui – também a decoração foi alvo dos maiores cuidados por parte da nova estrutura directiva do XClube. Assim, num dos extremos da pista de dança existe, agora, um imponente cenário com dezenas de metros quadrados, cujo padrão decorativo vai sendo alterado e redefinido a cada festa temática realizada pelo XClube. Cenário este que desempenha uma segunda função, servindo também como local de conbfraternização – é que, no seu verso, estão colocados três enormes sofás, cada qual com vários lugares, que se assumem como o local ideal para, muito simplesmente, descansar das muitas horas a dançar… ou para algo mais que possa acontecer!

A sala principal do XClube é servida por um magnifico bar corrido a todo o seu comprimento, também ele repleto exclusivamente das melhores marcas de bebidas, sendo frequente o respectivo balcão transformar-se, a meio da noite, num enorme palco onde muitos fazem questão de praticar a arte de dançar e seduzir, rivalizando assim com aqueles que preferem, para o mesmo efeito, eleger o varão elevado existente no centro da sala, ou a enorme mezzanine situado no lado oposto ao bar (e, também ela, equipada com três enormes sofás).

E como uma ampla pista de dança, equipada a preceito em termos de luz e som, de pouco serviria sem o devido enquadramento musical, o XClube, ao longo de toda a sua existência, tem primado por manter um estilo imutável – não pela música que é ouvida, mas pelo conceito que está aqui subjacente: música sempre actual, dentro do estilo urbano que carcateriza o XClube, com selecção a cargo de uM DJ residente de renome e inequívoca categoria.

Outra das imagens de marca do XClube foram sempre as suas festas temáticas. Em boa verdade, desde o seu nascimento, o XClube já levou a cabo dezenas de autênticas “mega festas”, capazes de abranger os mais diversas temas, ao ponto de estas se terem tornado numa referência obrigatória do meio. Hoje, é já do conhecimento de todos que uma festa no XClube implica algo diferente, superiormente preparado e sempre capaz de surpreender, extraordinariamente imaginativo e em que não raro se ultrapassam todos os limites do teoricamente possível – neste particular, e numa frase, no XClube, a tradição ainda é o que era… e é para manter!

C2